Resenha: Entre o Agora e o Nunca

Entre o Agora e o Nunca, J. A. Redmerski
★★
Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino. Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois. Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade. (fonte)

Camryn é uma garota super na dela e quietinha que passou por situações complicadas, como: a morte do namorado em um acidente e a traição de outro. Além, da separação dos pais e a prisão do seu irmão. Nat é sua amiga desde sempre e tenta ajudar a amiga passar por isso, até que seu namorado se declara para Cam e ela é rejeitada pela a amiga. Sendo o estopim para Cam, o que faz ela decide dar um tempo para si e embarca para Idaho, conhecendo Andrew.
Sabe, sempre detestei esta frase: Tem gente em situação pior que a sua; se você encarar como uma competição, claro, é sempre melhor viver de seguro-desemprego do que ficar cego, mas não é um concurso, caralho. Certo? (...)Dor é dor, gata. Só porque o problema de uma pessoa é menos traumático do que o de outra, não significa que deva doer menos.
Andrew, é o tipico cara bonitão, com ar de arrogância que age como se nada possa te abalar, mas, sempre tem algo por trás dessa postura "durão". Durante as partes que são narradas por ele, você entende bastante a maioria de suas atitudes e fica surpresa, ele não é apenas o cara com botas e com pose de "bonitão" e misterioso, é bastante audacioso, sarcástico e tem um ponto de vista legal. Possuindo segredos assim como Cam.

Entre o Agora e o Nunca, veio com a onda dos New Adult, em que os protagonistas não são mais adolescentes, Cam com 20 anos e Andrew 25, com muitos palavrões, mas com o decorrer da leitura, dá para acostumar-se. A leitura é super fácil, assim que começa a ler você vai até o fim, o livro é intenso e extremamente gostoso de ler e o fato de a autora escrever pelo ponto de vista dos dois personagens, despertava uma certa curiosidade para saber o que o outro pensou de determinada ação e para saber qual era a história realmente de ambos.

Até que chega no último capítulo, e.. Caramba! Sério que isso está acontecendo? O decorrer do livro foi super legal, mas o último capítulo foi algo que deveria ser mais trabalhado, foi muito rápido e você fica se perguntando se realmente aconteceu, se não é um capítulo errado, de outro livro. Enfim, o livro é muito bom e não seria por isso deslize que não recomendaria, quem leu ou vai ler vai me entender, mas vale a pena a leitura, a escrita é legal, a história é diferente. Leiam!

Wanessa Silva

4 comentários:

  1. Gostaria muito ler esse livro, já baixei e estou pensando em comprar!

    Muito boa a resenha! :)

    ResponderExcluir
  2. Li esse livro, e... blergh! Detestei. O machismo da protagonista (ela chama qualquer garota bonita na rua com quem ela topa de "vadia". Por favor né.), com a violência desnecessária do Andrew mais a narração prematura da autora foram o suficientes para eu achar At the Edge of Never uma das centenas de fracassos do NA ):
    Para mim não rolou!

    Anyhow, beijos W!

    ResponderExcluir
  3. Sou completamente apaixonada nessa capa, e agora fiquei super curiosa para ler o livro. Ótima resenha Wanessa, parabéns! Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Leia, leia e leia. Preciso de alguém para compartilhar, sério! É muito boa a história, não vai se arrepender, pfvr. E tem a trilha sonora do livro que é muito boa e.. o Andrew (suspiro eterno)

    ResponderExcluir

Ficamos feliz em vê-lo por aqui! Todos os comentários são moderados para que sempre receba uma resposta e também para evitar inconveniências :)