Resenha: A Catastrófica História de Nós Dois

A Catastrófica História de Nós Dois, Jess Rothenberg
★★★★☆
Sinopse:  Pouco antes de completar 16 anos, Brie Eagan morre, literalmente, depois de ouvir do namorado que ele não a ama mais. E acaba descobrindo que o amor é ainda mais complicado do que ela poderia imaginar em vida. Com a ajuda de Patrick, uma alma perdida residente, Brie precisa passar pelos cinco estágios do luto até restaurar sua fé no amor e estar pronta para encarar a vida após a morte. (Fonte)





"Lá estava, exatamente como a radiografia indicava. Apesar de toda a ciência não ser capaz de explicar. Mesmo que aquilo fosse o tipo de coisa que só acontece em músicas românticas. Olhei por cima do ombro do meu pai, por cima do cadáver, e encarei os fatos. Lá estava ele. Meu coração. Dormindo. Silencioso. E partido ao meio, duas metades extraordinariamente iguais."
Brie é uma garota comum, que tem três amigas inseparáveis, um irmão que a adora e um cachorro fofo. Participava da equipe ornamental e tinha um namorado que amava, mas durante um jantar romântico seu coração simplesmente parte ao meio assim que Jacob diz a ela que não a amava. Vocês devem estar se perguntando: Como assim o coração dela se partiu ao meio? Não foi assim também.. Ela tinha sopro no coração, mas ela sempre fizera exames rotineiros, ainda mais tendo um pai cardiologista.

Depois de estar no céu, e parar em uma pizzaria, acaba encontrado um cara que parece ter saído de um filme dos anos 80; Patrick, que tenta de tudo ajuda-la até mesmo dando um guia de sobrevivência, mas Brie é um saco no começo, não querendo aceitar a sua realidade. E para  isso ela terá que passar por cinco estágios na sua vida agora eterna: A negação, raiva, barganha, tristeza e aceitação.

Ela passa um tempo na terra, as pessoas continuam suas vidas normalmente, e é quando a protagonista começa a amadurecer e faz várias descobertas: Seu pai pode ter algumas atitudes que não pode  te agradar, sua melhor amiga pode não ter dito tudo para ela e seu ex-namorado tem algo a esconder.

Não gostei muito do começo, a narração estava devagar, e achei que ela viajou em alguns momentos. Brie foi um pouco infantil, e sua narração ficava muito naquela coisa maçante de.. Jacob, Jacob! Não sei se a autora quis deixar nas entrelinhas, mas achei que algumas coisas não ficaram bem amarradas. Apesar de tudo, achei interessante o contexto, e principalmente o título, por que até o final do livro imaginamos um significado para o título, e depois vemos que era para designar outra coisa.

Wanessa Silva

2 comentários:

  1. Haaaaa que blog lindo *-*
    Adorei seu blog, bem leve, com cores lindas.
    Amei a resenha, você leva jeito pra coisa, eu sempre tento mas nunca sai tão boa quanto a que você fez. Estou te seguindo, e assim que der irei tentar achar esse livro. =)
    http://valeu-a-pena-esperar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ahhh, Obrigada!
    É legal a leitura, basta ter paciência com ele. (:

    ResponderExcluir

Ficamos feliz em vê-lo por aqui! Todos os comentários são moderados para que sempre receba uma resposta e também para evitar inconveniências :)