Resenha: Como Salvar uma Vida

Como Salvar uma Vida, Sara Zarr
★★
Sinopse: Jill MacSweeney só quer que tudo volte ao normal. Mas, desde que seu pai morreu, ela tem se isolado do namorado e das melhores amigas – de todo mundo que quer apoiá-la. E quando sua mãe decide adotar um bebê, parece que, de algum modo, está tentando substituir um membro perdido da família por um novo. Mandy Madison sabe o que é crescer sendo indesejável – foi criada por uma mãe que nunca pretendeu ter uma filha. Então, quando Mandy fica grávida, a única coisa de que ela tem certeza é que quer uma vida melhor para seu bebê. É difícil saber o que quer para si mesma. Será que ela vai encontrar alguém que se importe com ela? À medida que seus mundos se transformam, Jill e Mandy devem aprender a se desapegar e a se apegar, e que nada é tão fácil – ou tão difícil – quanto parece. Aclamada pela crítica, Sara Zarr mostra uma história tocante, contada a partir de duas perspectivas, sobre os muitos caminhos que podem nos conduzir a um lar.(Fonte)

Jill MacSweeney é uma adolescente que sempre foi muito ligada ao pai, ele sempre tentou ensinar a ela a olhar a vida com mais amor, com compaixão, quando o perde inesperadamente, fica completamente desolada, afastando-se dos amigos e namorado. Se antes sua relação com sua mãe era complicada com seu pai presente, logo após a perda de seu pai sua relação com sua mãe piora, principalmente quando ela resolve adotar uma criança.

Mandy Madison, nunca soube o que era ter uma família de verdade, sua mãe engravidou jovem e para ela Mandy foi um estorvo em sua vida. Aos 18 anos quando engravida, se vê em um grande dilema, pois, de uma lado sua mãe a pressiona a abortar e de outro o desejo de ter o bebê e oferecer tudo o que nunca teve, mas a realidade não é tão fácil para uma adolescente grávida sem apoio algum, sua única saída é fazer uma adoção aberta.

A partir da chegada de Mandy na casa de Robin e Jill, a história começa a desenrolar. Vamos conhecendo a história de vida de Mandy pela narração dela e o sentimento confuso de Jill em relação a tudo que está vivendo. Novos personagens vão surgindo e a partir daí, conseguimos entender o por que da adoção de ambos os lados, entender o por que Jill é tão marrenta e às vezes mesquinha, e que sua mãe Robin não é uma mulher enlouquecida pelo luto de seu marido ao resolver adotar um bebê depois de tanto tempo.

A narração intercalada pelas duas (Mandy e Jill) não é cansativa, porém um pouco lenta. Mas, quando se pega o ritmo do livro, a história vai te cativando, pois os fatos vão sendo revelados no momento certo. O jogo de sentimentos que a autora provoca no livro, ao final conversaram entre si: Altruísmo, romance, amizade, luto, egoísmo.

A história de primeira vista parece ser muito clichê e ingênua, até tem alguns pontos que são, mas o verdadeiro foco, não é ser diferente, mas despertar sentimentos nos leitores. A escrita da autora é leve e tocante, ao mesmo tempo fluída. A caracterização de Mac - pai de Jill - é tão tenra e emocionante, que te deixa curioso para saber mais dele.

Como Salvar uma Vida é para quem gosta de uma história que trate dos sentimentos humanos, de como no dia a dia, somos egoístas e que somos vemos apenas o nosso sofrimento e que no momento em que nos doamos aprendemos muito mais quando recebemos. Super recomendo!

Wanessa Silva

5 comentários:

  1. Não conhecia este livro, mas pela capa com certeza me chamaria a atenção (primeiramente, rs).

    Gosto deste tipo de narração, intercalar.
    Já começou bem, rs!

    Gostei muito da ideia do livro. Anotado com certeza ;)

    Beijos e um ótimo final de semana, Lu ♥
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oii!
    Gostei muito do livro e da resenha. Gosto de livros que intercalam o ponto de vista dos personagens. :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a resenha, me chamou bastante atenção... Não conhecia esse livro ainda! Mas me interessei bastante, faz meu estilo hahahahaha
    Ta lindo o blog de vocês meninas ^^ beeijos!

    fantasiand-o.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi! Coloquei teu banner na minha page de parceria.

    http://clichenismos.blogspot.com.br/p/parcerias.html

    ResponderExcluir
  5. Muito bom esse livro, quero ler ! Seu blog é muito lindo :) http://www.thingsluv.tk/

    ResponderExcluir

Ficamos feliz em vê-lo por aqui! Todos os comentários são moderados para que sempre receba uma resposta e também para evitar inconveniências :)